4 PASSOS PARA CRIAR UM BLOG DE SUCESSO

Neste artigo não vou ensinar o passo a passo de como criar um blog. Vou referenciar todas etapas mínimas a cumprir, de uma forma muito objetiva para colocar o teu Blog “online” rapidamente. O que te vou transmitir é com base na minha experiência e vou focar o que realmente resultou comigo na prática, sem grandes explicações sobre alternativas, vantagens e desvantagens,… isso é para um curso! Aqui irei ser muito pragmático, mas muito eficaz (espero!).

Um ponto prévio muito importante: Tudo o que seja criar um Blog grátis, Blogs em 5 minutos e todo um conjunto de ofertas e facilidades que circulam pela Internet, irei ignorar no meu aconselhamento, porque todas as vantagens iniciais dessas ofertas, irão resultar em dependência e limitações que te irão ser impostas pelos verdadeiros proprietários do espaço onde o teu Blog está alojado e em custos e muito trabalho, para conseguires ultrapassar a situação e desenvolveres o teu Blog.

O foco de tudo o que te estou a transmitir é para a construção de um Blog de Sucesso, para o qual, vai ser necessário o teu empenhamento, o cumprimento de um plano e a dedicação ao Blog de algumas horas por semana (no mínimo 5 horas/semana), com o objetivo de publicares conteúdo com valor para o teu publico e, mais tarde, vires a rentabilizar o teu Blog.

Se o teu objectivo de criar um Blog,é publicares quando e se tiveres tempo, qualquer coisa para os teus amigos e que não te dê muito trabalho, então aconselho-te a seguires essas ofertas de Blogs grátis e em 5 minutos…, mas mesmo nesta situação, imagina que o teu Blog pela irreverencia e originalidade torna-se um sucesso e decides dedicares-te a sério ao projecto… vais ter problemas.

Vamos então publicar o teu Blog em 4 passos:

1. REGISTO DO DOMÍNIO3d person creating blog. computer generated image

2. ESCOLHER O SERVIÇO DE HOSPEDAGEM;

3. INSTALAR O WORDPRESS;

4. INSTALAR O TEMPLATE (TEMA WORDPRESS)

1 – REGISTO DO DOMINIO

O domínio é o endereço do teu Blog na internet (ex: startup4blog.com). Escolher um domínio é uma tarefa muito importante e que requer a tua maior atenção. Pensa no domínio como o nome próprio do Blog, o nome pelo qual vais chamá-lo e, mais importante ainda, o nome pelo qual o Blog vai ser conhecido.

Todos os domínios são acompanhado de um sufixo. Os mais populares são:   .com   .com.br   .pt   .net

A lista de sufixos é enorme e estes são apenas alguns exemplos. O importante na escolha do prefixo é o âmbito temático ou geográfico que queres dar ao teu Blog, se é apenas um âmbito nacional, escolhe o prefixo do país, se é um âmbito mais generalizado escolhe os prefixos universais como “.com” ou “.net” e há outros. Pessoalmente, aconselho-te a utilizares o “.com” .

Há muitos sites para registar domínios. O que eu recomendo é o que eu utilizo HostGator (clica em DOMINIO) com o qual nunca tive qualquer tipo de problema e como é onde tenho a hospedagem dos meus blogs, fica tudo na mesma empresa o que torna a gestão e a configuração muito mais fácil.

Se tiveres preferência por um domínio “.pt”, recomendo a AMEN.PT, que também é o que eu utilizo.

O custo do registo de domínios poderá variar, mas normalmente são diferenças muito pouco significativas. Dá prevalência à confiança em detrimento do custo, não compres um domínio num site desconhecido ou não confiável, só porque é mais barato. Acredita!…

2 – ESCOLHER O SERVIÇO DE HOSPEDAGEM

Depois de escolhido um domínio, precisas de definir onde vais hospedar o teu blog. Como indiquei no registo do domínio, a maioria dos serviços de hospedagem, oferecem o serviço de compra do domínio em conjunto, proporcionado normalmente alguns descontos.

Muito importante a ter em consideração, é que se a hospedagem e o registo de domínio estiverem em locais diferentes, terás que fazer alterações ao DNS e a outras configurações, para “apontares” o domínio para o local de hospedagem, o que pode ser um pouco complicado para quem é inexperiente.

Para a hospedagem também recomendo os serviços da HostGator (clique em Hospedagem), nos planos intermédio (Plano M) ou topo (Plano Business), em detrimento do plano mais barato (Plano P) mas que tem algumas limitações ao desenvolvimento futuro.

Pessoalmente tenho o Plano Business  e até hoje problemas ZERO.

Existem no mercado bastantes provedores de serviços de hospedagem e com diferentes preços, mais uma vez recomendo dares prevalência à confiabilidade do serviço, em detrimento de alguma poupança financeira.

3 – INSTALAR O WORDPRESS

Agora que já tens o domínio registado e a hospedagem contratada, tens que instalar o WordPress (é grátis).

WordPress é o Sistema de Gestão de Conteúdo para Web (ou CMS: Content Management System), que oferece todo o suporte necessário para a criação do mais simples Blog até ao mais completo site de e-commerce.

Quando adquiriste o serviço de hospedagem, foi criado um username e uma pssword para acesso ao teu CPanel (Painel de Controlo) do teu serviço de hospedagem. É como se tivesses um computador algures no mundo e o CPanel é o que te permite acederes a esse computador remotamente e trabalhares nele.

Através do CPanel podes criar emails, contas de FTP, gerenciar arquivos, atribuir proteções de diretórios, redirecionar emails, entre muitas outras funções.

Ao acederes ao CPanel, procura a funcionalidade QuickInstall na área de software e serviços, para uma instalação automática do WordPress (versão gratuita).

Instala o WordPress através do QuickInstall, regista o username e a password que vão ser criados no final deste processo para acederes ao “Dashboard” (painel de instrumentos) do teu Blog.

E … voilá!… o primeiro esboço, o prototipo do teu Blog, está pronto para ser trabalhado e já está preparado para ser publicado.

Blog Blogging Social Network Online Internet Concept

4 – INSTALAR O TEMA WORDPRESS (TEMPLATE)

Neste momento o teu Blog já tem motor, já funciona e, consequentemente, deste inicio a uma maravilhosa viagem.

No entanto, neste momento o teu Blog é como que uma “estrutura em bruto” saída da fábrica. Imagina que é apenas o chassis de um carro, com o motor a funcionar, mas só com as quatro rodas, … sem portas, sem vidros, sem bancos, sem chapa, … e tu vais ter que fazer deste carro um verdadeiro “carro de corrida” lindo, atraente, rápido, confortável, cheio de “extras”, no qual, todo o mundo vai reparar e querer entrar nele!… Este é o teu grande desafio no imediato.

Para conseguires rapidamente e sem muito trabalho criar um Blog que seja o tal “carro de corrida”, necessitas de instalar um bom Tema (template) de WordPress que vai ser a imagem e a base da organização do teu Blog.

Para instalar um Tema, vais necessitar de aceder ao “Dashboard” (painel de instrumentos) do teu Blog, através do seguinte endereço http://www.nomedoteudomínio.sufixoescolhido/wp-admin, inserindo o username e a password criada no final do processo de instalação do WordPress com o QuickInstall.

É crucial a escolha de um bom Tema para o teu Blog. Existem milhares de Temas para escolheres, uns grátis outros pagos. Novamente, recomendo a fiabilidade, simplicidade e eficácia na seleção de um instrumento de trabalho e recomendo o Template ConversionWP Premium que é o que eu utilizo e que na minha opinião a relação preço/beneficio/concorrência é do melhor que conheço!

Este tema, permite uma imagem extremamente profissional e eficaz para criar um Blog, é de instalação e configuração muito simples e está muito bem estruturado para captares o teu publico, que é a parte mais importante de todas.

Template ConversionWP Premium

Instala o Tema que escolhes-te, configura-o e escreve o teu primeiro artigo de teste.

MUITO IMPORTANTE:

Estes 4 passos são o ponto de partida para criar um Blog. Portanto, são extremamente importantes porque sem eles não há Blog.

No entanto, apesar desta importância, não deverás perder tempo com eles, segue as minhas instruções , as sugestões de serviços e produtos que te dei e avança, avança sempre e rapidamente.

De todos estes passos, o mais importante para o futuro do teu Blog é a escolha do nome do domínio, é aqui que deves investir o teu tempo a aprender como seleccionar um bom nome para o teu domínio, ver a disponibilidade de nomes e diferentes alternativas, para finalmente seleccionares UM (vê aqui algumas pistas sobre este assunto).  .Enquanto não tiveres este trabalho feio não inicies os 4 passo para criar um Blog.

Como referi, este artigo não pretende ser um manual de instalação e configuração de um Blog, no entanto, penso que de uma forma muito sintética e objectiva, dei as indicações necessárias para que em 2 horas, no máximo, seguindo cada um dos 4 pontos que indiquei e as sugestões e recomendações que dei, tenhas o teu blog a funcionar, publicado e acessível a todo o mundo..

Agora “só” falta publicares conteúdos de valor para começares a captar o teu publico.

Tens duvidas ou encontras-te alguma dificuldade?

Deixa o teu comentário, obrigado.

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *